terça-feira , dezembro 12 2017
Capa / Brasil / Rio de Janeiro / Tudo sobre Arraial do Cabo

Tudo sobre Arraial do Cabo

Arraial do Cabo é um desses destinos ainda mal explorados, mas com enorme potencial. Vai dizer que não parece o Caribe?

Passeio de barco em Arraial do Cabo

Pra quem não conhece fica na Região dos Lagos, norte fluminense do Estado do Rio de Janeiro, a 30 km da badalada Búzios e a 160 km do Rio. Arraial é apelidada de Caribe brasileiro pela cor das águas, tem dunas, lagoas e é considerado um dos melhores pontos de mergulho de profundidade do Brasil, no nível de Fernando de Noronha e Abrolhos, por exemplo.

É aí que eu pergunto, por que tanta gente nunca ouviu falar de Arraial do Cabo ?

A areia branquinha da restinga da Massambaba se estende até Saquarema

O problema de Arraial do Cabo é o mesmo de vários destinos do Brasil : imbróglios políticos, falta de investimento e de um plano de turismo. Arraial do Cabo era parte de Cabo Frio até criarem um movimento de emancipação pra abocanhar toda a arrecadação da Companhia Nacional Alcális (criada durante o governo de Getúlio Vargas como parte do processo de industrialização de terras tupiniquins).

A Praia do Forno é acessível por trilha ou por barco táxi a R$ 5

Em 1985, finalmente Arraial foi emancipada. Só que, olha o azar, a empresa que era praticamente a única fonte de renda passou pelo processo de privatização no Governo Collor e faliu, levando gentilmente o município pro buraco. Boa parte da população de Arraial do Cabo trabalhava na CNA e ficou desempregada. Até hoje, dá pra ver o processo de favelização logo na entrada da cidade. Um outro grande problema foi a ocupação desorganizada da restinga de Massambaba, que deveria ser protegida.

Os barquinhos da Praia dos Anjos são inconfundíveis

Há uma briga antiga entre o Ministério Público do Estado do Rio que acusa a prefeitura de Arraial do Cabo de fazer vista grossa em relação à ocupação de dunas e à favelização dos distritos de Figueira e Monte Alto.

O Parque Costa do Sol é uma esperança pra conter invasões e construções irregulares na Praia da Massambaba

Só em abril de 2011 que finalmente foi criado o Parque Estadual Costa do Sol que protege áreas de restinga, dunas e sambaquis (de importância arqueológica). O desafio agora é ir em busca do tempo perdido.

As dunas da reserva da Massambaba

Como o mundo e a política dão voltas, veio a era do pré-sal e, há cerca de um ano, Arraial do Cabo conseguiu o status de município produtor de petróleo (apesar de não produzir, só escoar), mas teve direito aos royalties. Eu que sempre visito a cidade não vi muita mudança na área do turismo, mas a esperança é a última que morre.

Flores da Massambaba, fotos tiradas durante uma trilha na reserva

A cidade não tem muita infraestrutura, existem poucas pousadas, poucos restaurantes e não consegue atrair o chamado “turista de qualidade”.

Pôr do sol na Praia da Figueira, um dos mais bonitos que já vi

Atualmente, as praias enchem com forasteiros nos feriados. Esse tipo de turista que não tem nenhum senso de preservação e visão comunitária. Basta ir em Arraial do Cabo em finais de semana no verão pra se irritar com o lixo deixado nas praias e nas trilhas.

Então, vale a pena visitar em Arraial do Cabo ? Sim. Eu aconselho ir fora de grandes feriados e alugar um barco privado pra passear pelas praias.

ARRAIAL DO CABO

O que fazer ?

Passeio de barco – partindo da Marina dos Pescadores, na Praia dos Anjos. Praias desertas, ilhas com vegetação preservada, grutas, paradas para mergulho e pesca. Duração: depende. Tem passeios em grupo por 50 Reais, mas eu não aconselho pra quem gosta de sossego.  Muita confusão e música alta. Melhor negociar com um pescador na Marina por uma locação privativa de dia todo. Da última vez paguei 400 Reais.

O passeio de barco é essencial. Vontade de mergulhar ?

Caminhadas ecológicas – existem algumas possibilidades de trilhas, mas ainda não estão mapeadas (perguntei no ponto de informação) e não existem guias capacitados ainda. Eu fiz uma pequena na Restinga de Massambaba que já citei acima.

Praias – 35 km de praias oceânicas e 65% da Lagoa de Araruama. As praias são indiscutivelmente boas, apesar da água congelante. Só dá pra tomar banho em dia de muito sol mesmo. Já a Lagoa tem água quentinha, mas bem salgada. Vale lembrar que a Lagoa de Araruama que estava praticamente morata passou por processo de revitalização. Abriram mais o canal em Cabo Frio (Canal do Itajuru) pra água do mar entrar e sair com mais facilidade  Pelo menos visualmente a lagoa melhorou muito.

Lagoa de Araruama, na altura do distrito de Monte Alto

História – Na praia dos Anjos tem o Obelisco Américo Vespúcio, de 1503, e que indica a chegada dos portugueses. Dali mesmo dá pra ver a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, de 1506, e dizem que foi a primeira igreja onde foi celebrada uma missa no Brasil, e a Casa de Pedra, de mesma data e tida também como uma das primeiras construções do Brasil. Apesar de ainda não ter visitação guiada, tem o Farol Velho, na Ilha de Cabo Frio, obra de D.Pedro II em 1833. Desativado desde 1866. As Ruínas do Telégrafo no Pontal do Atalaia foi construído em 1814 e hoje em dia é um belo mirante.

Muita gente procura as lagoas pra banho porque a agua é mais quente e sem ondas.

Museu Oceanográfico – Parte integrante do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEPM) que o absorveu. Rico acervo de organismos marinhos vivos e fixados, equipamentos oceanográficos utilizados no estudo do ambiente marinho.

Poço D’água – Construção do século XIX que abasteceu o município durante muitos anos, quando este era ainda uma pequena vila de pescadores.

As casas coloniais – O ambiente que circunda o Largo Histórico é composto por alguns exemplos de casinhas do final do Século XIX e início do Século XX. Descendo a rua D. Pedro II e até antes de chegar a rodoviária, pode-se notar mais algumas construções, que inclusive já foram tombadas pelo patrimônio histórico do País.

 Onde ficar  ?

Já me hospedei na Capitão na Areia. Achei caro porque apesar de ser beira mar, a Praia dos Anjos é poluída, não dá pra tomar banho. Alguns quartos (não sei o porquê, mas chamam de “camarotes”) têm vista e varandinha. A piscina é pequena, mas agradável. E fica perto do porto de onde saem os passeios de barco.

 

Sobre Nivea Atallah

Jornalista de formação e mochileira por vocação.

21 comentários

  1. Bom, vou contar a minha experiência sobre arraial do cabo: simplesmente amei este lugar. Praias inacreditavelmente lindas. O ponto negativo da cidade é o acesso para ir de carro até as prainhas do pontal do atalaia. Estrada muito ruim, cheia de buracos. Não recomendo ir de carro. Para ir a pé é muito longe. Inviável. O negócio é ir de barco. A minha indicação é o barco Herbalif. Ótimo passeio. Dura em torno de 4 a 5h, agradável. A música não é alta. Ideal para quem quer aproveitar e curtir um bom passeio de barco. Nada de muvuca. O sr Junior, Alex e a Sra Elaine são muito receptivos e atenciosos. Explicam a história das praias ao longo do passeio. Super recomendado. Fiquem atentos aos passeios de barco oferecidos por outras companhias pois eles colocam muitas pessoas nos barcos e a música é muito alta, além dos marinheiros serem indiscretos. Fiz uma ótima escolha ao optar pelo barco Herbalif. Custa aproximadamente 50,00. Bem investido. Quando retornar à arraial do cabo certamente farei o passeio novamente. Vale a pena. Não deixe de fazer. Tem praias que só consegue acesso de barco. Data do passeio: 26 de julho de 2016

  2. Olá Nívea, tudo bem?

    Excelente post, com informações muito úteis. Certamente aproveitarei algumas dicas!

    Iremos no final do ano, você poderia me indicar um barqueiro (da Marina dos Pescadores) para poder alugar um barco exclusivo para 8 pessoas.

    Desde já agradeço a atenção.

    Saudações!

    • Ola Tiago, vai lá cedinho na Marina e marca direto com eles. Você escolhe o barco que melhor te agrada e negocia. Eu não guardei o contato, mas acho que fiz com o Herbalife. Negociei um dia antes lá na Praia do Forno.
      Abs

      • Boa tarde o contato do barco Herbalife é do Heros Junior e Elaine , (F) Barco Heros , CEL (22) 999071098 — 998525261 Beijos até aproxima!!!!

        • Entrei em contato com a Elaine e o numero dela da vivo é esse mesmo 999071098 e tem um outro da tim que é 98101-8685.

      • Gostaria de contato e informações sobre o barco Herbalif, valores também.

        • OI , já fiz um passeio com este Barco herbalif , eles mesmo no feriado de carnaval deixaram tudo perfeito , nosso barco chegava nas praias antes da muvuca, e as musicas que colocam sao diacordo com as paisagens, eles estao de parabens por tudo , obrigado pelo dia maravilho!!! tem o whatsap do capitao Junior fica mais facil o contato (22)998525261

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*