terça-feira , abril 25 2017
Capa / Brasil / Penedo: onde a Finlândia encontra o Brasil

Penedo: onde a Finlândia encontra o Brasil

São apenas 2h30 de carro que separam o Rio de Janeiro, uma das cidades mais quentes do Brasil, de Penedo, bairro de Itatiaia com clima de montanha e berço da colonização finlandesa em terras tropicais. Sim, a cidade se considera um pedacinho da Finlândia e isso pode ser percebido na arquitetura, culinária e nos eventos culturais da região.  Quer saber um pouco mais sobre Penedo? Então confira abaixo a história, como chegar, o que fazer e onde ficar nessa cidade que é uma das mais charmosas do Brasil.

Shopping e parque temático Pequena Finlândia, em Penedo.

Shopping e parque temático Pequena Finlândia, em Penedo.

O bairro foi uma antiga fazenda de café que, na segunda metade do séc XVIII, acompanhou a decadência do Vale do Paraíba. (Veja aqui como visitar as fazendas históricas do Vale do Café). Penedo entrou no ostracismo durante muito tempo até que em 1930, período da grande depressão econômica na Europa e iminência da Segunda Guerra, começou a receber imigrantes finlandeses. O objetivo? Viver de forma natural em uma colônia agrícola e recriar um ambiente e sociedade ideais. Um dos idealizadores foi Toivo Uuskallio, visonário, ecologista e vegetariano.

A história dos primeiros finlandeses que chegaram em Penedo como Toivo Uuskallio e Toivo Suni podem conhecidas no Museu Finlandês de Penedo.

A história dos primeiros finlandeses que chegaram em Penedo como Toivo Uuskallio e Toivo Suni pode ser conhecida no Museu Finlandês (aberto nos fins de semana).

Os finlandeses enfrentaram desafios e a atividade agrícola começou a não se mostrar sustentável pela falta de energia elétrica, a distância e dificuldade de transporte para o escoamento da produção. Penedo então começou finalmente a se voltar para a verdadeira vocação: o turismo. E foi por volta dos anos 50 que começou a chegar a segunda leva de finlandeses interessados em agitar culturalmente a região.

Hotel Pequena Suécia: história e charme em Penedo

Junto com essa nova onda de ocupação uma história se destaca: a de Helmi e Vivi, duas finlandesas de origem sueca. Compraram uma antiga fazenda e abriram o primeiro hotel de Penedo, a Chácara das Duas, onde funciona hoje o Hotel Pequena Suécia.

Hotel Pequena Suécia hoje e ontem. A "Chacara das Duas" foi o primeiro hotel de Penedo. Hoje pertence a Marie Louise Göransson. (Fotos antigas retiradas do site www.pequenasuecia.com.br)

Hotel Pequena Suécia hoje e ontem. A “Chácara das Duas” foi o primeiro hotel de Penedo. Hoje pertence a Marie Louise Göransson. (Fotos antigas retiradas do site www.pequenasuecia.com.br)

As duas moravam em Copacabana, eram massagistas (que na época correspondia à fisioterapia), além de intelectuais, vegetarianas e naturistas. Tinham grande influência na alta sociedade da época, o que ajudou a atrair ainda mais a elite de estrangeiros para Penedo. Com a morte de Helmi na década de 60, Vivi vendeu o hotel para a família Göransson que o mantém até hoje.

O Pequena Suécia é composto de quartos e chalés e fica em uma área de 45 mil metros quadrados, com muito verde e pássaros em volta. Muito do passado ainda está presente, principalmente a atmosfera de relaxamento. Tem sauna finlandesa, massagens no SPA e a vocação cultural com o Jazz Village Bistrô, restaurante e casa de show que sempre atrai muita gente nos concertos intimistas de finais de semana. No sábado, é bom fazer reserva. O calendário com a programação pode ser visto aqui no site: http://jazzvillage.com.br/eventos/

Antes do show no Jazz Village Bistrô.

Antes do show no Jazz Village Bistrô.

O hotel tem decoração de muito bom gosto e lareira nos quartos. Uma praticidade é que para ir até o centrinho da cidade não é preciso carro, em menos de 10 minutos se chega ao Pequena Finlândia, por exemplo.

penedo1

Hotel Pequena Suécia em Penedo

Hotel testado e aprovado, agora é hora de falar sobre o que tem para fazer em Penedo.

Chocolate, cerveja artesanal e trutas: a riqueza culinária de Penedo

Quem é do tipo que adora gastar em viagens pode se preparar para alguns dias agitados. São muitas lojas de decoração, de couro, de chocolate e sorvete. Sem contar os restaurantes e as cervejas artesanais. O centro comercial principal é o “Pequena Finlândia”, onde fica a casa do Papai Noel – que atrai muita gente em época de Natal, claro. Funciona como shopping e parque temático com a recriação das charmosas casinhas típicas da Finlândia. É aqui que você pode começar a se perder nas iguarias.

Chocolates belgas na Tonttulakki

Chocolates belgas na Tonttulakki

E uma delas é o chocolate da Tonttulakki Suklaat, dos sócios Ricardo Leite e Ricardo Sato , que abriram também a filial em Visconde de Mauá (Shopping Aldeia dos Imigrantes).

penedo3
São trufas, rochedos, bombons, lascas e o famoso salame de chocolate. Tudo é feito com o melhor do chocolate belga Callebaut. As barras são importadas e um dos sócios, que é mestre chocolateiro, processa com a criatividade incluindo frutas, castanhas, biscoitos e outras delícias.

Tonttulakki

Os salames de chocolate fazem sucesso ao lado das “ramas”, que são produzidas apenas no inverno. Dos mesmos proprietários, a sorveteria artesanal Tonttulakki Jäätelö logo ao lado com sabores para todos os gostos.

Para quem ainda tem dúvidas, abaixo vai um resumo do melhor de Penedo. Caso tenha outras dicas, compartilhe nos comentários!

PENEDO (Itatiaia – Rio de Janeiro)

Como chegar:
Do Rio pegar a Via Dutra (BR 116) e seguir até a saída do km 331. São 2h30 de viagem. Há ônibus regulares saindo da Rodoviária Novo Rio e, de São Paulo, da Tietê.

O que fazer?
Andar a pé, visitar as cachoeiras, ver a casa do Papai Noel, comer chocolate na Tonttulakki Suklaat, tomar sorvete na Tonttulakki Jäätelö e no Sorvete Finlandês, beber cerveja artesanal no Fritz, escutar música ao vivo no Jazz Village Bistrô.

Pode visitar o Museu da Finlândia Dona Eva (aberto somente sábado de 9:00 às 16:00 e domingo de 9:00 a 13:00, R$ 10 inteira e meia para estudantes e professores).

Penedo é um bairro do município de Itatiaia e uma boa ideia é aproveitar o dia no Parque Nacional de Itatiaia, o primeiro parque brasileiro, ou ir até Visconde de Mauá para um banho nas cachoeiras.

Mirante do Adeus, no Parque de Itatiaia.

Mirante do Adeus, no Parque de Itatiaia.

Compras?
Muitas lojas de decoração, móveis de madeira, artesanato, couro e especiarias como a pasta de truta, queijos e doces do sul de Minas. Também é possível encontrar cervejas artesanais da região e dos entornos.

Onde dormir?
Hotel Pequena Suécia, próximo do centro e em área verde e tranquila. Destaque para o pão sueco e as mini panquecas do café da manhã.

Onde comer?
Jazz Village Bistrô, do hotel Pequena Suécia, tem pratos suecos e música ao vivo nos finais de semana. A Casa do Fritz tem cervejas artesanais de fabricação própria e o típico joelho de porco e o carré defumado com chucrute. Tem também o Aglio e Olio  e o Jardim Secreto que não testei, mas são bem conceituados na cidade.

Truta, prato típico da região, recheada com queijo brie e acompanhada de molho de geléia de pimenta,palha de batata baroa e pesto de coentro.

Truta, prato típico da região, recheada com queijo brie e acompanhada de molho de geleia de pimenta,palha de batata baroa e pesto de coentro, no restaurante do Pequena Suécia – aberto também a não hóspedes.

Eventos culturais próximos: De 16 de outubro a 15 de novembro acontece, em Visconde de Mauá, a 13ª Temporada da Truta, quando 17 restaurantes servirão variações do prado “Truta do Imperador”, criado durante um workshop com os chefs Andrew Bushee e Guilherme Abe.. Os pratos recriados pelos chefs serão variações pessoais usando ingredientes que mesclam referências da época do final do 2º Império e produtos regionais como pitanga, limão-cravo, espinafre, cogumelo, batata doce e cachaça. Mais informações: www.visiteviscondedemaua.com.br.

A viagem para Penedo foi um convite da Tereza Quinderé Comunicação.

Sobre Nivea Atallah

Jornalista de formação e mochileira por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*