sábado , setembro 23 2017
Capa / Cuba / O que ver no Museu da Revolução de Havana

O que ver no Museu da Revolução de Havana

O Museu da Revolução de Havana é um dos principais atrativos da capital cubana, mas a visita pode gerar euforia para uns e decepção para outros.

museu da revolucao - havana (11)

Alguns não gostam porque a exposição não é visualmente muito atrativa e muito menos interativa. O visual mais bonito é das bandeiras ao vento. No mais, são textos, fotos e objetos antigos.

museu da revolucao - havana (6)

São mais recortes de jornal, fotos, objetos pessoais usados pela guerrilha e muito painel com informação histórica. Quando digo muita informação não estou exagerando, passei três horas no museu.

acervo - museu da revolucao (2)

acervo - museu da revolucao (1)

Quem não tem interesse especial na Revolução Cubana pode achar, com razão, entediante. O que não é o meu caso, pois adorei. Achei muito bem construído. A história da guerrilha é contada em etapas e vai desde a organização nos campos “hasta la victória” na capital.

museu da revolucao - havana (17)

Outro motivo para críticas é que ali é a história é contada pelos vencedores, não existe outro lado. Isso, no entanto, não impede que haja muita informação interessante.

museu da revolucao - havana (4)

O museu percorre a história da Revolução contando a vida de vários guerrilheiros menos famosos, a participação das mulheres no processo revolucionário, as táticas de guerra, as estratégias de comunicação usadas pela guerrilha para dar publicidade à causa, as primeiras medidas políticas e econômicas no pós-revolução, as reações da comunidade internacional e dos artistas etc…

Enfim, quem tem interesse em história certamente vai gostar.

chico buarque

O prédio é uma atração por si só pela beleza e pelo valor histórico.

museu da revolucao - havana (13)

Foi sede de vários governos, inclusive do ditador Fulgêncio Batista que governada Cuba na época da revolução e teve que fugir quando a vitória das forças rebeldes era iminente.

museu da revolucao - havana (9)

A invasão revolucionária, em 1959, deixou as marcas de bala que ainda estão nas pareces do prédio.

museu da revolucao - havana (8)

As marcas de bala que botaram Fulgêncio pra correr.

museu da revolucao - havana (16)

Na frente do museu está o tanque usado por Fidel Castro na invasão da Baía dos Porcos, em 1961, mas pela quantidade de ônibus que sempre tem estacionado por ali fica difícil até fazer foto.

museu da revolucao - havana (1)

A entrada ao museu dá direito à visita ao Memorial Granma em homenagem aos mortos na batalha e o iate (o Granma) usado para levar Fidel do México a Cuba para o início da revolução. Ali também tem a chama que nunca se apaga em memória aos mortos nos combates.

museu da revolucao - havana (15)

O Museu da Revolução é uma das principais atrações de Havana e eu considero uma visita imperdível.

Museu da Revolução – Havana

Aberto todos os dias das 9:30 às 16:00 (isso pode variar)

Entrada : 8 CUC

Sobre Nivea Atallah

Jornalista de formação e mochileira por vocação.

Um comentário

  1. Nivea, adorei as dicas de Havana que encontrei aqui nesse seu delicioso blog! Aproveitei muito todas elas! Deram um sabor especial aos meus dias naquele lugar tão especial!
    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*