Home / Brasil / Ceará / Jericoacoara não me convenceu

Jericoacoara não me convenceu

A tal matéria do The Washington Post apontando Jericoacoara como uma das praias mais bonitas do mundo sinceramente não me convenceu. Não que seja feia, longe de mim falar isso de um paraíso natural, mas simplesmente não vi nada demais na questão beleza e aquela atmosfera turística e comercial fazem com que Jeri não seja definitivamente a minha praia. A cada dois passos tem alguém oferecendo um passeio de buggy, um panfleto de restaurante, de pousada, a cada 5 minutos tem um guia abordando e oferecendo os serviços. Enfim, não vi glamour em Jeri, apenas um destino que pegou carona numa boa fase e hoje colhe frutos bons e ruins dessa fama.

A moda soprou a favor de Jeri, mas trouxe também o que há de mais cruel nos destinos de natureza exuberante – a especulação imobiliária. Um pescador na praia me disse que os terrenos que valiam R$ 10 mil há dez anos hoje valem R$ 1 milhão. Muitos hotéis que estão ali foram construídos em terrenos comprados a preço de banana. Nessa corrida, os italianos chegaram primeiro e hoje em dia são praticamente donos de tudo.

Não curti Jeri, não fiz muitas fotos, mas tenho vontade de voltar um dia e quebrar a impressão que eu tive. Aconselho todo mundo a ir, mas acho que não é o destino mais aconselhàvel pra quem busca tranquilidade, experiências autênticas, praias isoladas e limpinhas, paraisos tropicais do nordeste. Jeri tem muito turista, tem agito, tem preços inflacionados.

Onde ficar em Jeri ?

A cidade é praticamente um complexo de pousadas, uma do lado da outra. Na alta temporada ficam cheias, mas na baixa entregues às moscas. Não têm dinheiro pra se manter e principalmente investir na infra-estrutura. Por isso, é facil encontrar em Jeri albergues e pousadas que não têm a minima condição de receber.

Bons hotéis existem sim, mas excelentes são poucos. Eu andei bastante e vi somente quatro que eu enquadraria nessa categoria :  Mosquito Blue (que mudou de nome pra My Blue Hotel),  Villa Kalango, Pousada Jeriba e Chilli Beach. Não fiquei em nenhum deles, mas entrei em todos pra fuxicar. Na baixa temporada é possivel conseguir tarifas interessantes. Bom lembrar que Jeri segue o calendario dos gringos. Agosto, mês de férias na Europa, é considerada altissima temporada pelos hotéis.

As opções mais econômicas e decentes que vi foram a Papaya, onde fiquei, bom preço, otimo café da manhã artesanal e quartos corretos. Pra fazer um upgrade peça os quartos de cima com vista. São bem agradaveis. Outra opção bem simpatica é a Masai Mara, com a super opção da suite master pra familia, uma casa duplex lindissima com quintal independente. Não sei o motivo de não fazerem publicidade no site, tem que ligar e perguntar sobre a casa. O preço é bem em conta pra familia.

Fora do centro, na Praia do Preá,  (30 minutos de buggy ou 4×4) tem duas opções, o Rancho do Peixe, dos mesmos donos da Vila Kalango e o Sitio Phoenix. Mas ao escolher esses hotéis saiba que vai ficar isolado, e ser dificil o acesso aos restaurantes e lojas do centro de Jericoacoara.

Como chegar ?

Jeri pra mim foi a penultima parada da aventura de travessia da chamada rota das emoções, de São Luis a Fortaleza, passando pelos Lençois Maranhenses e o Delta das Américas. Cheguei de buggy. O mais comum, no entanto, é pegar um ônibus em Fortaleza (ele passa na rua dos hotéis da Orla, em varios horarios). São 4h de estrada até Jijoca. La você pega a jardineira e vai sacolejando durante 1h pelo sertão. A paisagem é bem nordestina, meio exotica, meio triste, meio vidas secas.

About Nivea Atallah

Jornalista de formação e mochileira por vocação.

23 comments

  1. Irei para Fortaleza em Setembro e queria muito ir para Jeri, porém li alguns comentários de que a praia e a Cidade são sujas e que a lagoa do paraíso esta com nível baixo de água.
    Gostaria de uma opinião:
    Seria melhor ficar hospedada em uma pousada de frente para a lagoa do paraíso ou na vila de Jeri? Pois não gosto de barulho em nem aglomeração de pessoas.
    Compensa eu alugar um carro e pegar 08 hs de estrada e ir para a praia de Pipa em RN ou ir para Jeri mesmo?

    Obrigada.

    • Acabei de voltar de Jeri. Sou carioca e tbm não curti muito. Acho que temos praias muito mais bonitas no Brasil. É lugar super valorizado. Não é tudo isso que falam. Fiquei 15 dias no Ceará indo a diversas praias. Morro Branco, Praia das Fontes e Praia das Fleicheiras foram mais bonitas, na minha opinião. Acho que um passeio bate e volta e suficiente para conhecer jericoacoara. Fiquei três dias e me arrependi.

  2. Muito triste Znayra. Acho que o turismo realmente foi cruel com Jeri é as pessoas não fizeram nada pra salvar.
    Ana
    Nivea

  3. Há mais de 10 querendo vir a “jeri”, através de dica de amigos, cheguei hoje e, como num dos comentários, estou decepcionada. Vi uma população doente pelo dinheiro, vitimadas pela ação negativa do Turismo no local. Estou numa residência que aluga quartos, tratei somente dois dias, o rapaz ha pouco disse que nao lhe valeria a pena se fossem somente 2 dias, apesar de tratarmos isto antes. Estou em “jeri” no momento, louca para não ficar nem mesmo 2 dias neste que parece ser um “território italiano” no Brasil. Muito Playboy, funk e mil guias insistentes por metro. Assim q cheguei vi um gato esmagado, provavelmente por uma das 4xx4 gigantes que circulam. Triste e decepcionada.

  4. Criei muita expectativa é não vir nada demais. Demora muito pra chegar lá, conheço praias bem mais bonitas do que a de Jeri. Sinceramente perdi o encanto por Jeri.

  5. Jeri não é mais a mesma, na década de 90 fui dezenas de vezes, era maravilhoso, hoje ta um lixo, exploração pra todo lado, fora violência e drogas, péssimo, horrível……..

  6. Eu tb tive a mesma impressão, criei tanta expectativa que quando cheguei em Jeri me frustou bastante. Três dias são os máximo para ficar lá, eu acabei de voltar de Jeri, fui agora em Março mês de chuva vi muito sapo e muita mosca, sendo assim desagradável nas refeições.
    Vale como experiência. De dia sao muitos gringos na praia. O Brasil tem muito lugar muito mais bonito que Jeri.
    O próprio RJ na região dos lagos dão de 10 a 0 em Jeri, é a minha opnião.

  7. Respeito a opinião, pois, cada um tem um gosto. Mas para mim é muito melhor do que qualquer outro passeio no País, pelo menos tem beleza e tranquilidade, ao contrário do que encontramos nas outras cidades do nosso País…

  8. Gustavo Woltmann

    Eu tive a mesma impressão, demora demais para chegar lá e já vi praias melhores e mais acessíveis. Vale a pena ir, mas eu não voltaria.

  9. Sou do RJ e voltei ontem das minhas férias no Ceará.
    Escolhi o estado do Ceará justamente para conhecer a famosa Vila de Jericoacoara e a minha opinião se encaixa perfeitamente às suas descrições!!
    Bonito é sim!!!! Mas não é nada absurdamente lindo que tenha valido a pena as quase 5 horas de viagem.
    Meu paraíso continua sendo a Ilha do Farol em Arraial do Cabo – RJ.
    Se você ainda não conhece, eu super indico, porque esse sim é um paraíso!!

  10. esqueceu de falar da violência do lugar como de todo nordeste

    só em 1 anos em Jeri, foram 2 turistas (belga e alemã) estupradas e 1 turista italiana assassinada

  11. Não entendi bem qual é o teu estilo de viagem. Ficou tão confuso quanto a sua descrição sobre Jeri.

  12. Marcus Vinicius

    Tranquilidade mesmo é Barra Grande! Meu Piaui.

  13. Roberto Praude

    Acho que tenho que concordar contigo ,pois estive lá em junho 2015,está muito diferente da primeira vez em 1993.
    sds

  14. silvia g.evangelista

    ESTIVE haà uma semana aì e me hospedei numa pousada amanheci toda picada de inseto e coçando , sabe o que era? PERCEVEJOs ,pois eu os vi andando na cabeceira da cama e gordos de tanto me lanchar. quando cheguei em casa toda a minha s malas ficaram para fora,sol, lavar grandr parte de toda roupa e sol em tudo pra nao levar os bichos como lembrança de jeri de JERI.

  15. Oi Nívea… Muitos anos depois deste seu post resolvi ir para Jeri e faço minhas suas palavras! Não gostei de Jeri, achei badalado demais, caro demais, sem falar no quanto me incomodaram as investidas para compra de passeios. Além disso, outra decepção foi a visita à lagoa… O estado do Ceará, assim como o de São Paulo passou por uma seca este ano e as lagoas estavam com nível da água muito baixo e com um aspecto bem feio. O visual do passeio para a pedra furada (o caminho em si) e o caminho até Jijoca e depois na jardineira (ou pau de arara) para chegar em Jeri foram as melhores coisas que vi ali… As dunas, a vegetação de restinga, a formação rochosa, os jegues soltos… formaram um contexto inédito pra mim, achei muito bonito e interessantíssimo.
    Enfim, não voltaria pra lá. Gosto de lugares mais tranquilos e sem tanto merchan.
    Abraços,
    Tainá

  16. Ei Nivea, como disse, nunca fui pra Jericoacora antes, mas levarei seus comentários em conta quando for lá!

    Acho que a impressão que temos de uma cidade depende de outros fatores que não a cidade em si, como clima, ambiente, atrações, as pessoas que conhecemos no lugar, e acho ótimo ver pessoas como você expondo a própria opinião, mesmo que ela não seja boa!

    Abs,
    Ju Afonso

  17. Oi Mauricio, eu li teus posts e realmente a tua impressão de Jeri foi bem diferente da minha 🙂 Fiquei pouco tempo, foi vésperad e feriado e tinha conhecido Barra Grande no Piaui que achei bem melhor. Um dia vou voltar pra rever meus conceitos.

  18. Caramba, preciso discordar!
    Fiquei simplesmente apaixonado por Jericoacoara.
    Tudo depende da época que você vai.
    Não sofri com nada do que vc falou.
    Achei as praias e passeios simplesmente maravilhosos.
    Dá uma olhada nos meus posts que fiz de lá.
    http://www.trilhaseaventuras.com.br/blog/index.php/2011/06/meu-diario-de-bordo-de-canoa-quebrada-fortaleza-e-jericoacoara-ce-2011/

    Espero que goste.
    😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *